BILHÕES DE VEZES
À VELOCIDADE DA LUZ

,
,
. ,

Todo escritor precisa de foco, disciplina e técnica, senão não conseguirá terminar nada. Nem mesmo um poema de uma página.


Se vai ser bom o que ele criou? Aí é outro papo...

O problema é que a nossa emoção de escritor, não está exatamente no ato de escrever, esse é só um bônus - ou deveria ser - porque a adrenalina mesmo é deixar a história fluir na nossa imaginação, trafegar por nossa cabeça à velocidade do pensamento, que é bilhões de vezes mais rápida que a velocidade da luz, deve ter falado assim em algum dia o Sr. Spock.  

Uma viagem na espontaneidade. Vem comigo. Estamos agora em Roma e já pulamos para a  ópera de Sydney, já estamos na 5ª Avenida em Nova York, nas praias e no reggae da Jamaica, em Marte, em Floripa, em BH, na Pangeia, num barco de refugiados da Síria, em Londres, numa confusão na Venezuela, em Brasília, em Pasárgada... êpa! é aqui que tenho um amigo que é amigo do rei!


Você já se imaginou andando por aí a alguns bilhões de quilômetros por segundo. Pois é, nós estamos nessa dimensão a todo momento. A mente, a imaginação. É aí que está a grande emoção! Ver as histórias crescerem, os personagens nascerem. Você vê coisas grandiosas e minúsculas surgirem diante de nossos olhos e amores e tragédias acontecerem quase que independente de nós porque, a essa altura, nós ali, de condutores e contêineres, somos apenas passageiros da agonia, da alegria e das tentações...

Então, de repente, Para tudo! Freia! STOP!!

Tuso se interrompe para corremos para a tela - ou para o papel -  à velocidade de nossos... dedinhos.

É meio frustrante, eu sei, e tem ainda, as novas ideias que vêm se amontoando a cada minuto...

Como controlar essa erupção? Foco, Disciplina & Técnica.


ahh, a Inspiração? sim, Claro. É tranquilo, não se preocupe. Ela é nata da casa. Mora dentro da alma, caminha e vai com o escritor, o poeta aonde for. Então, é só uma questão de respirar, relaxar e deixar a pena correr solta... 


Ou melhor, deixar os dedos fluírem pelo teclado... ou a ponta do seja lá do que você estiver usando, deixa fluir pelas telas ou papeis, deixa fluir junto com as ideias a bilhões de km por frase... só isso!


. 

 

  

volta        sobe
.

Receba textos inéditos em primeira mão
Herbert Hette no Facebook e no Twitter

ou envie-nos um email

E-mail:


Austrália Meu Amor  1ª edição  impressa   Pétalas de Crepom  3ª edição  impressa   Diana o Conto  em ebook  1ª edição         Efeito Gauche